segunda-feira, 5 de abril de 2010

Morte ? Tô fora!

A morte todos nós tentamos evita-la, porém, por mais que consigamos adia-la , no final ela sempre vem e nos vence.
Não sei se posso dizer que tenho medo dela, acho que tenho mais medo de perder meus parentes e meu amigos pra ela do que eu mesma ir embora. Mas pensando bem, acho que não deveríamos ter medo, pode até ser insensível da minha parte, mas a morte é natural. Faz parte do grande ciclo da vida, onde nascemos, vivemos e no final nos deparamos dentro de um caixão cobertos por terra.


Lembro de quando eu era bem pequena, tinha assistido algo na TV relacionado a isso (não me pergunte por que eu não estava vendo desenho), sai chorando assustada e fui correndo pro colo da minha mãe perguntar se um dia ela iria morrer, e ela me disse:
"-Filha, todo mundo vai morrer um dia, mas nunca se esqueça que as pessoas que você mais gosta, quando elas se forem elas continuarão no seu coração"

É, realmente ela estava certa, as pessoas que amamos de verdade por mais que elas nos deixe um dia, jamais serão esquecidas, muito menos deixadas de lado como se ela fosse só mais um capítulo da nossa vida que será esquecido facilmente.
Amamos tanto elas que por mais que quissessemos esquece-las diante da dor que sentimos no momento, elas estarão vivas em nossos corações, nas lembranças, em fotos, ou até em uma música.

Aliás, faz sentido esquecer de alguém que um dia nos fez feliz, que nos fez aprender, que fez parte de sua vida ? Não faz.

Acho totalmente bizarro aqueles sites que dizem com quantos anos você vai morrer.
Por mais que seja verdade (acredito que não, aliás, tenho certeza) prefiro nem tentar. Não quero viver na eternar agonia até chegar na minha "idade mortal". Já pensou, "Você irá morrer daqui a 3 meses" Me recuso a isso. haha
Ao invés de saber com quantos anos vamos dessa pra outra melhor, prefiro viver intensamente, sem se preocupar com o que o futuro irá trazer.

Tenho tanta coisa pra fazer ainda; Dar a volta ao mundo, passar no vestibular, comprar meu troller, virar jornalista, chorar até rir, surfar, constituir uma família. Tenho muito o que viver ainda e não tenho tempo pra pensar na morte. Viver toma muito o meu tempo.
Quando eu fizer tudo isso, quem sabe eu não bata um papo com ela lá com os meus 100 anos.






2 comentários:

Mony disse...

Quando nascemos começamos a nos preparar para a morte.

Laura Dourado disse...

Haha, quando você conseguir realizar todos os seus grandes sonhos, vai encarar a morte com uma facilidade beeeem maior!