sábado, 6 de fevereiro de 2010

To com saudade!

Que saudades tenho dela...
As vezes esqueço que a três anos ela se foi. Parece que nada aconteceu, que ela ainda está aqui, comigo.
Ela era maravilhosa, minha segunda mãe, meu porto seguro, minha vida!
Agora, ela é se tornou um anjo, o meu anjo da guarda. Tenho certeza de que lá em cima ela olha por mim, me guia, me protege e me mata de saudades!
Amava cada detalhe nela, os olhos, as ruguinhas, o tamanho dela que fazia com que ela parecesse uma bonequinha.
Admirava seus defeitos e qualidades, a força de vontade que ela tinha para realizar alguma coisa.
Sinto falta daquele doce que só ela sabia fazer, do carinho que ela sabia me dar.
Os sonhos com elas são raros, mas quando eu sonho é tão bom, tão real...
Queria que ela ainda estivesse aqui, pra me ajudar nas coisas que a vida acaba me trazendo, as dificuldades que tenho que passar pra crescer, com ela seria um pouco mais fácil e bem melhor!
As pessoas que amamos não deveriam morrer nunca.
A morte não deveria existir, mas não tem como evita-la, é a lei da vida.
E isso serve pra descobrirmos QUEM amamos de VERDADE, e quem queremos em nossos corações sempre por mais que o tempo passe e nos levem para caminhos diferentes e sem volta.
Ah, que saudades eu tenho da minha vó... ♥

Um comentário:

saudeecompanhia disse...

A morte de pessoas queridas é muito difícil.
A lembrança da pessoa sempre vem a tona e temos de conviver com a saudade.
Triste, mas a vida é assim...